Todos os posts com a tag: x-factor

As Mulheres Criadoras Mais Poderosas dos Comics

A indústria de quadrinhos é machista? Você pode dizer que sim, você pode dizer que não. Mas os números, maninho, ah, esses não mentem. Vamos comentar aqui uma lista de quadrinistas mais prolíficas e poderosa da indústria dos comics norte-americanos e vamos tentar ver aonde chegamos com esses nomes e números. 1, 2, 3, lá vou eu! Quem não seu escondeu é meu! Anúncios

10 Roteiristas e Desenhistas Negros dos Quadrinhos

Quadrinhos podem ser paradoxais para criadores negros. Afinal, quando você lê um quadrinho, não sabe que cara tem a pessoa que fez ele. E isso pode ser bom ou ruim. Se por um lado atenua os preconceitos, por outro, invisibiliza o trabalho de uma etnia. Entretanto separei aqui uma lista com dez criadores negros de quadrinhos e mais duas autoras bônus. Sigam-me os bons!

Os Melhores Quadrinhos da Marvel Que Li em 2016

Infelizmente vimos esse ano como a Marvel vem perdendo a força e a inovação. Dos quadrinhos selecionados aqui, boa parte deles são republicações. Ou isso significa que a Marvel está vindo com coisas ruins, ou que o que sai em encadernados (a base e o protetor destas listas) não vale tanto a pena sair dessa forma. Jogo essa reflexão para vocês. O que acham? E aqui vai minha lista:

Da “Morte do X” a “Inumanos vs. X-Men”

Muitos, como eu, achavam que seria o fim da franquia X na Marvel. Mas as megassagas que seguiram às Guerras Secretas envolvendo mutantes estão aí para provar o contrário. A Morte do X e Inumanos vs. X-Men abrem caminho não só para novas revistas dos mutantes como também dos habitantes de Attilan. E é sobre essas duas megassagas que vamos falar neste artigo.

Melhores e Piores Leituras de Novembro de 2016

Mil perdões! Esse mês foi complicado de leituras, me dediquei mais a estudar em livros técnicos e livros de literatura do que quadrinhos. Esse mês, novamente, Marvel e DC perderam espaço para outros tipos de publicações de quadrinhos. Ficou uma lista bem heterogênea. Mas diversidade é que é riqueza e mesmice é tédio. Vamos à lista!

MAIS 15 Super-Heróis Negros Importantes dos Comics

Olá mergulhadores! Hoje é dia da Consciência Negra! A data de hoje faz referência à morte de Zumbi dos Palmares, líder do Quilombo dos Palmares, um dos maiores centros de resistência negra contra a escravidão no Brasil. E se Zumbi foi um herói, nada melhor do que comemorar sua existência do que com uma lista de super-heróis da etnia negra, não é mesmo? Vem dar uma olhada neles!

Desenhistas Que (Quase) Todo Mundo Adora Odiar

Bem, nós sabemos que nem tudo é consenso nesse mundo, mas tem alguns desenhistas de quadrinhos de super-heróis que caíram nas graças (ou desgraças?) de um monte de gente como sendo desenhistas MUITO ruins. Fizemos, assim, uma lista gente que, apesar de terrível, já teve seu lugar no mercado e, certamente no coração de alguma boa parcela de compradores de quadrinhos. Vamos à nossa breve lista!

10 Quadrinhos Noir de Super-Heróis dos Anos 2000

Os anos 2000 consolidaram um estilo de quadrinhos de super-heróis: os quadrinhos noir. eram roteiros mais densos, escritos de uma forma policial e investigativa. Também a estética deles era diferente das outras: uma atmosfera mais carregada, um chiaroscuro bem utilizado, pesado nas sombras. Muitas dessas séries de quadrinhos marcaram época e fizeram escola. Aqui, destacamos algumas HQs noir de super-heróis dos anos 2000.

10 Fases da X-Force Para Você Conhecer

A Fox anunciou intenções de fazer um filme da X-Force, depois do sucesso de Deadpool. Caso você não saiba, a equipe é deriva da revista do Novos Mutantes, a equipe de jovens mutantes dos X-Men. Foi criada nos anos 90, mais precisamente em 1992, por Rob Liefeld e Fabian Nicieza. Agora vamos conhecer um pouco sobre as fases que ela passou.

O Fator Fan Service Nos Personagens Masculinos de Super-Heróis

Você sabe o que é fan service? É quando o autor de um quadrinho coloca um personagem em uma situação em que as partes do seu corpo ficam mais à mostra, prestando um “serviço” aos fãs. Hoje vamos falar sobre como isso começou a afetar os personagens masculinos dos quadrinhos de super-heróis.

[VALENTINE’S DAY] X-Men: Romance e… Tragédia!

Claro que uma das coisas que os leitores – e principalmente as leitoras – de X-Men mais gostam são os dramas românticos vividos pelos mutantes. Então, aproveitamos o Dia dos Namorados para fazer uma listinha dos casais mais românticos, apaixonados e melosos que os X-Men e adjacências já tiveram. Aqueles que tiveram de superar enormes obstáculos para manter acesa a chama do amorrrr. De quebra, indicamos para vocês algumas histórias bem trágicas e românticas. Preparem seus lencinhos de papel e vamos lá!

5 Histórias com Apocalipse para Ler Antes do Novo Filme dos X-Men

Ele é o primeiro mutante da face da Terra, chamado Em Sabah Nur, ele reinou no Egito antigo por anos e foi responsável pela construção das pirâmides. Ele acredita na sobrevivência dos mais fortes, ou seja, os humanos devem perecer em prol dos mutantes. Separei aqui algumas histórias importantes com Apocalipse para serem lidas antes do filme:

Será Que Ele É? 10 Criadores LGBT de Comics

Já foi o tempo em que essa pergunta andava nas bocas das pessoas. Hoje saber se uma pessoa é gay ou não só importa para os próprios gays que podem ter um interesse na pessoa. Tá, e a alguns moralistas que ainda acham isso um absurdo fora do comum. Talvez por essa razão a maioria dos criadores LGBT dos quadrinhos se encontra no meio indie, como é o caso de Alison Bechdel, Howard Cruse, Dean Haspiel, Ralph Konig e Julie Maroh, nomes proeminentes do gueto quadrinístico LGBT.

Num podchy!

Os 10 Casais Gays Mais Famosos dos Quadrinhos

Muito mais importante que listar um monte de personagens gays dos quadrinhos é destacar os casais que existem na junção destes dois universos tão especiais. Casais gays podem ser como outros casais: normais e estranhos, bonitos e feios, destrutivos e construtivos, sacanas e santarrões, que provocam inveja e que não estão nem aí, caseiros e baladeiros, a diferença apenas existe na forma como fazem para ter prazer. E aí estou falando apenas do prazer sexual. Casais gays gostam de dormir e acordar juntos. De comer e beber juntos. De rir e chorar de rir juntos. E casais gays podem ser superheróicos ou até supervilanescos. Por que não? Como você vai perceber existem muitos casais gays estranhos no mundo dos super-heróis, tudo para pode passar pela censura e pelo gosto duvidoso da massa nerd que lê gibi. Mas eles existem. Não adianta fingir que não viu. E eles só querem ser tratados como qualquer outro casal: com respeito. Well, ladies, the time is coming for you to… gay-synch for you life! Chantay you stay (Reading this …

Saudades: Especial do Mês

Mais um almanacão na lista do Saudades, pra não deixar nenhum Marvete com recalque. Hoje vamos falar de uma série de especiais todinha dedicada à Marvel. Ainda que, em sua concepção não tenha sido bem esse o propósito. Conheçam ou relembrem o Especial do Mês. Dados Gerais: Especial do Mês (Editora Abril) Duração: 4 números – Agosto de 1999 a Dezembro de 1999 O Contexto: A Marvel na Abril se expandia, mas em terras não-mutantes. Depois do boom das revistas mutantes no início da década de 90, a revista mensal Fator X foi cancelada e assim, muitos mutantes perderam sua casa. Era a época dos Heróis Renascem, em que Capitão América, Vingadores, Homem de Ferro e Quarteto Fantástico ganharam uma série de 12 edições na Abril. Além disso, havia a revista Marvel 99, que trazia boas histórias de Hulk, Demolidor, Elektra, mas principalmente de Deadpool e Kazar. As revistas de linha ganhavam o reforço de 100 páginas para suas anteriores 84 páginas. Para lançar mais aventuras, e aventuras separadas, a Abril resolveu lançar o Especial …

A Cultura dos Spoilers

Spoiler você sabe o que é, ao menos se lê quadrinhos. É aquela informação bombástica, que muda toda a história. Uma revelação do que vai acontecer no futuro. É como o que as revistas de fofoca estilo Contigo e TiTiTi fazem com as novelas. Só que, no mundo dos quadrinhos, os melhores representantes de revistas de fofocas são os fóruns da internet. Antes da internet, não havia toda essa comoção ao redor dos spoilers, era preciso garimpar muito para achar o que ia acontecer na próxima edição, mesmo as revistas brasileiras tendo uma defasagem de dois anos com os EUA. Já fui um caçador de spoilers, fuçava em fóruns para ficar sabendo o que ia acontecer em cada série, e, bem, já estava me frustrando com os quadrinhos. Mesmo depois, toda hora saía uma notícia bombástica estragando minha surpresa. Como dizem, o melhor não é susto, é o suspense. O melhor não é chegada, mas o caminho trilhado. Se fosse assim, nascíamos mortos. Se fosse assim, Lost não teria feito sucesso. Minha opinião mudou quando o …

De Super e de Louco Todo Mundo tem um Pouco (II)

HULK FORTE! BANNER FRACOTE! O Hulk seria um caso de múltiplas personalidades ou de bipolaridade? Imagino que esteja mais para o segundo. Enquanto Robert Bruce Banner é tímido, inseguro, porém incrivelmente racional, o Hulk é puro instinto, natureza destruidora e irracional. Um deles poderia representar todo o potencial do superego e o outro, do id. O Hulk por um bom tempo aparecia quando Banner ficava muito nervoso. Ele também aparecia quando o sol se punha – interessante momento para o “id” se libertar. Foi através do tratamento psiquiátrico do Dr. Leonard Samson, um médico psiquiatra especialista em radiação gama – uma vez que ele mesmo havia sido exposto aos efeitos da radiação, que o Hulk/Banner conseguiu equilibrar suas identidades e equilibrar o ego na forma da persona do Professor: um ser com a força e o corpo do Hulk, mas com o raciocínio e inteligência de Bruce Banner, formando, então o ego. Uma das explicações para que o trauma da bomba gama que deu origem ao Hulk ter quebrado a persona de Banner em duas …

A Trajetória da Publicação dos X-Men no Brasil

A primeira revista a trazer uma história dos X-Men editada no Brasil foi Edições GEP, da GEP – Gráfica e Editora Penteado –, lançada em 1969, segundo a revista Wizard[1]. Com um formato próximo ao das revistas americanas, a revista trazia a capa colorida enquanto o miolo era preto e branco. O diferencial desta revista é que, devido ao seu formato, algumas páginas eram preenchidas por histórias inéditas dos X-Men desenhadas por artistas nacionais, entre eles Gedeone Malagola. A revista durou apenas 13 números. Nem todos eles continham histórias dos mutantes. Após dez anos sem histórias próprias publicadas no Brasil, os X-Men voltaram às bancas em 1979 pela RGE – Rio Gráfica e Editora –, atual Editora Globo, no título Almanaque do Hulk. Em 1984, com a passagem dos direitos de publicação da Marvel Comics para a Editora Abril, os X-Men passaram a ser publicados em formatinho na revista Superaventuras Marvel do número 14 ao 72. Depois de uma passagem pelo último número da revista Heróis da TV e  cinco anos sendo publicados em Superaventuras …

Uma vida sem spoilers

“X-Factor – ou Fator X… significa uma coisa imprevisível. (…) É aquilo que você se culpa por não ter previsto… sendo que ninguém podia adivinhar”. – X-Factor#1/ Wolverine #26 Estamos tão acostumados a ler spoilers aqui e ali, em sites de noticias sobre quadrinhos, em fóruns e blogs que nos esquecemos como era a vida antes de eles existirem. Sabemos que Bucky vai se tornar o Capitão América e que o Batman vai morrer na Crise Final, ou melhor, seu destino final não é esse. Claro, é legal saber das coisas antes de elas acontecerem, assim a gente pode se preparar pra saber o que vale à pena ler ou não. Mas tem o lado ruim, perdemos aquela sensação de surpresa, do tudo-pode-acontecer que as histórias em quadrinhos tinham antes do aparecimento da Internet. Há pouco tempo atrás Peter David, roteirista de X-Factor se manifestou sobre o assunto. Ele não queria revelar o que aconteceria nas próximas edições da revista da equipe mutante. “Eu não quero adiantar nada. Nem um detalhe. O que eu quero …

Patsy Walker: revistas de romance faziam sucesso nos anos 50 pela Marvel.

Marvel Divas ou Sex and The City encontra as Heroínas

Semana passada Joe Quesada anunciou uma nova minissérie da casa das idéias: Marvel Divas. O editor-chefe anunciou a série como uma espécie de Sex and The City com super-heroínas. Foi divulgada a capa de J. Scott Campbell. Como roteirista foi escolhido o competente Roberto Aguirre-Sacasa e o croata Tonci Jonzic. Mas o que eu pergunto é: a Marvel vai publicar um história falando de sexo? Talvez esteja seguindo uma corrente, já que foi lançado ano passado um anual do Homem-Aranha Ultimate em que Peter Parker e Mary Jane discutiam sua primeira vez. E com certeza é uma evolução, já que não é a primeira vez que a Marvel tenta dar um enfoque maior para suas personagens femininas. UM POUCO DE HISTÓRIA A primeira tentativa foi no final da década de 40 com revistas como Namora e Vênus, lançada no crepúsculo dos super-heróis. Claro que a editora já tinha um nicho formado para as leitoras com revistas de romance e de humor adolescente, entre as quais Patsy Walker, da qual falarei mais daqui a pouco. A …