Demasiado Humano. Horácio: Mãe, de Fabio Coala

O último lançamento da graphic MSP foi o tão aguardado Horácio. O personagem não havia ganhado uma nova versão porque o criador, Mauricio de Sousa, nutria um afeto especial pelo dinossauro e não deixava mais ninguém escrever. Demorou, mas acabou cedendo para o Fabio Coala, famoso pelas tiras publicadas no mentirinhas. Coala escreveu e desenhou Horácio – Mãe (2018) e, depois de tanta expectativa, chegou a hora de saber se a espera valeu a pena. Fizemos uma resenha com aquilo que pode ter passado despercebido pelo seu olhar durante a leitura. Isso, se você já leu. Caso não tenha lido, vem com a gente  pra pré-história que não vamos estragar sua experiência! Continuar lendo “Demasiado Humano. Horácio: Mãe, de Fabio Coala”

A Peça Que Nos Falta: Além dos Trilhos, de Mika Takahashi

Além dos trilhos (2017), da Mika Takahashi é, posso dizer, mesmo que precocemente, a HQ mais bonita que li este ano. Embora não tenha lido muitas, já reli esta o suficiente pra me envolver com o protagonista e reconhecer nele, o vazio que vez ou outra assola o centro do meu pensamento. Continuar lendo “A Peça Que Nos Falta: Além dos Trilhos, de Mika Takahashi”

[RESENHA] Obrigado, Caro Logan

Desde que li alguns quadrinhos clássicos do Wolverine, fiquei com o pé atrás no assunto ligado ao mutante. Já havia algum tempo que ia ao cinema com a esperança de identificar um Logan que eu curtisse da mesma maneira eu curtia quando lia histórias violentas e animalescas sobre o Carcaju. Continuar lendo “[RESENHA] Obrigado, Caro Logan”