Alguns Destaques do Checklist DC Comics/ Panini Comics Para Abril de 2019

A DC Comics pela Panini está parecendo uma confusão para alguns leitores, porque não temos comunicados oficiais nenhum da editora italiana para sabermos quando se encerram alguns títulos e começam outros. Algumas informações pipocam aqui e ali, mas nenhum comunicado oficial, como poderia ter, por exemplo, dentro das próprias revisas. Mais oficial que isso, impossível. Mas sabemos que um dos vários e inúmeros calcanhares de Aquiles da Panini Comics Brasil é a comunicação com seu leitor, como era no princípio agora e sempre, amém! Agora vamos aos destaques da DC Comics para abril de 2019.

Continuar lendo “Alguns Destaques do Checklist DC Comics/ Panini Comics Para Abril de 2019”

Batman: O Cavaleiro Branco é Um Contraponto a Batman: O Cavaleiro das Trevas

O nove grande e vanguardista quadrinho do universo do Batman é, sem dúvidas, Batman: O Cavaleiro Branco, realizado por Sean Gordon Murphy e com cores de Matt Hollingsworth. Nele, o Coringa se torna uma ferramenta para acabar com o reinado de violência desmedida do Batman. Um Coringa regenerado, humano, que toma remédios para controlar sua loucura. Nisso, ele acaba se tornando vereador da cidade de Gotham City, mas essa ascensão do Coringa vai despertar forças sombrias que estavam encerradas há muito tempo. Se pensarmos por um lado, Cavaleiro Branco acaba se tornando um contraponto à famosa obra de Frank Miller. Se nem tanto no layout e na forma narrativa, em muito no conteúdo. É sobre isso que vamos falar aqui. Continuar lendo “Batman: O Cavaleiro Branco é Um Contraponto a Batman: O Cavaleiro das Trevas”

A Piada Sem Sal: Quando o Zé Carioca Parodiou o Batman

A Piada Mortal é uma das histórias mais clássicas do Batman. Em 1995, a Editora Abril criou, a partir de sua produção nacional de quadrinhos originais Disney, uma paródia desta história estrelada pelo Zé Carioca. Na verdade não exatamente o Zé Carioca, mas seu alter-ego super-heróico, o “Morcego Verde”, uma espécie de Batman mas que é um papagaio carioca caloteiro. Essa história farsesca foi publicada mais uma última vez pela Editora Abril em 2016 e é sobre ela que vamos falar neste post. Sigam nos os positivados e os negativados no SPC! Continuar lendo “A Piada Sem Sal: Quando o Zé Carioca Parodiou o Batman”

Melhores e Piores Leituras de Março de 2019

Batemos mais um recorde! Um recorde próprio, claro! Mas se no mês passado tivemos cinquenta quadrinhos e/ou livros sobre quadrinhos resenhados, este mês nós temos 52 quadrinhos! Isso mesmo OS NOVOS 52!!! A DC Comics e o Dan DiDio curtiram muito isso, mas principalmente esse número cabalístico que apresentamos para vocês! Que coisa… Mas nem tudo são Novos Deuses neste mundo… Também temos Apokolips… Então temos uma boa dose de leituras ruins e radioativas para você evitar a todo custo. Ligue suas caixas maternas e vamos nos transportar para esse mundo das mini resenhas! Continuar lendo “Melhores e Piores Leituras de Março de 2019”

Como a Mulher-Gato Serve Como Atenuante Para a Homoafetividade Entre Batman e Robin

O mito da homossexualidade latente ou revelada entre Batman e Robin é bastante difundida, seja na cultura aqui do Brasil ou mesmo em seu local de criação, os Estados Unidos. Contudo, essa relação nunca foi demonstrada nos cânones das revistas em quadrinhos. Mesmo assim, a DC Comics, editora de posse dos personagens já empreendeu diversas tentativas de livrar os personagens deste estigma. A última delas, foi a inserção de uma versão lésbica do Batman, a Batwoman. Ou seja, o Batman gosta de mulheres, mesmo quando é uma mulher. Outro fator importante de uma deshomoerotização do relacionamento entre a dupla dinâmica foi a sexualização cada vez mais acentuada da Mulher-Gato que, nas histórias recentes de Batman chegou a ser pedida em casamento pelo Homem-Morcego. Vamos falar mais sobre que papel a Mulher-Gato tem nessa tentativa de desmistificar um possível relacionamento homossexual entre Batman e Robin. Continuar lendo “Como a Mulher-Gato Serve Como Atenuante Para a Homoafetividade Entre Batman e Robin”

Conheça 20 Super-Heróis da Década de 1930

Você deve saber que os super-heróis começaram na década de 1930, mais precisamente, com o Doutor Oculto, criado por Jerry Siegel e Joe Shuster em 1935. Contudo, antes que a onda dos heróis arrebatasse as editoras em cheio nos anos 1940, alguns poucos personagens foram criados ainda nos anos 1930. Muitos deles se assemelhavam com a noção que temos de super-heróis hoje em dia, embora não necessariamente sejam considerados assim por muitos. Neste post iremos falar rapidamente sobre vinte desses personagens criados ainda na primeira década do fenômeno dos super-heróis. Sigam-me os bons! Continuar lendo “Conheça 20 Super-Heróis da Década de 1930”

As Linguagens dos Quadrinhos e Suas Relações Com os Memes da Internet

Os quadrinhos abarcam diversas linguagens e é isso que o renomado e cultuado livro As Linguagens dos Quadrinhos, do pesquisador italiano Danielle Barbieri nos apresenta. Este livro influenciou diversas gerações de pesquisadores dos quadrinhos no Brasil, desde que foi publicado pela primeira vez, na Itália, em 1991. Mas no Brasil, chegou apenas nas comemorações dos seus 25 anos, em 2016, editado pela Editora Peirópolis. Muito celebrado, o livro é genial simplesmente porque estuda os quadrinhos a partir do legado de outros tipos de linguagens para esse tipo de mídia. Vou falar um pouco neste post sobre as ideias de Barbieri sobre a quatro classificações das demais linguagens com os quadrinhos, que o autor estabelece em seus estudos. Como exemplos, vou trazer os memes da internet, que também possuem ligações com a linguagem dos quadrinhos. Continuar lendo “As Linguagens dos Quadrinhos e Suas Relações Com os Memes da Internet”

Destaques do Checklist DC Comics/ Panini Comics Para Março de 2019

Todo mundo tá tão de saco cheio da Panini que até as reclamações sobre a Panini elas não aguentam mais. Eu não aguento mais a Panini. Se tivesse um prêmio do HQ Mix para pior editora de quadrinhos do Brasil e ele tivesse de ser escolhido pelo público, daria Panini na cabeça. Mas eles não se importam e continuam nos enchendo das suas porcarias. E nós estamos eternos reféns deles porque não existe maneira de outra editora publicar Marvel e DC aqui no Brasil porque é a Panini quem licencia essas marcas para outros países. Por isso que para eles tá tudo muito bom, tudo muito bem, porque eles não precisam se reportar a ninguém se fazem serviço podre. Dada a mijadinha tradicional, vamos aos destaques. Continuar lendo “Destaques do Checklist DC Comics/ Panini Comics Para Março de 2019”

Destaques do Checklist da Editora Mythos Para Março de 2019

Chegou março e com ele, os checklists! E a Mythos Editora tem se adiantado nos seus, enquanto os demais, como os da Panini vão rareando aqui. Mês passado não teve o checklist da Marvel porque não havia as capas disponíveis em bom tamanho, apenas em miniatura e dentro do catálogo da Panini. Assim, seguimos com o que temos. Cansei de mover mundos e fundos pra ir atrás dos checklists em benefício apenas da Panini. Vamos valorizar quem nos valoriza. Nesse caso é a Mythos, que sempre manda o seu checklist bonitinho e disponibiliza sinopse e capas bonitinhas também. Vamos lá! Continuar lendo “Destaques do Checklist da Editora Mythos Para Março de 2019”

Aquela Vez em que um Quadrinho de Alan Moore Virou um Poema Épico Gay

Ah, os anos 80! Eles eram muito parecidos com o que estamos vivendo agora, né? A ascensão de uma direita extremista no mundo todo e as minorias em risco de morte. A desinformação e a contrainformação reinando forte nas ruas e nos meios de comunicação (formais ou informais). Os quadrinhos também se tornaram mais radicais naqueles tempos sombrios. Era uma época em que distopias em que a direita extrema reinava foram escritas para os quadrinhos. Duas dessas obras se chamavam Cavaleiro das Trevas e Watchmen. Elas mudaram para sempre o cenário dos quadrinhos. Para o bem e para o mal. E ao mesmo tempo que esse cenário caótico e desesperador era admitido no coração das pessoas, um grupo de artistas resolveu falar. Entre estes artistas estava o mago de Northampton, Alan Moore. Continuar lendo “Aquela Vez em que um Quadrinho de Alan Moore Virou um Poema Épico Gay”

“Super-Gêmeos: Ativar!”: A Volta dos Gêmeos Mais Famosos da Cultura Pop

Os Super-Gêmeos, integrantes da Liga da Justiça, no desenho Superamigos, são muito famosos na televisão. Mas eles nunca tiveram uma versão nos quadrinhos que se tornou cânone, ou seja, oficial. Isso muda este mês, quando a DC Comics lança o gibi Wonder Twins, dentro da linha Wonder Comics, capitaneada pelo roteirista Brian Michael Bendis. A intenção do escritor é dar um lugar para os gêmeos no universo de quadrinhos da editora, tornando-os estagiários da Liga da Justiça. Lemos a primeira edição do título e vamos falar um pouco mais sobre os Super-Gêmeos e suas tentativas de chegarem aos quadrinhos da DC Comics. Continuar lendo ““Super-Gêmeos: Ativar!”: A Volta dos Gêmeos Mais Famosos da Cultura Pop”

(MUITOS) Destaques do Checklist DC Comics/ Panini Comics Para Fevereiro de 2019 e Um Esperneio Necessário

Foi só reclamar da demora dos checklist que, pluft!, eles apareceram. Ótimo! Então aqui estamos com mais um checklist da DC Comics pela Panini Comics. Temos bastante novidades noas lançamentos, mas a novidade ruim é que os preço continuam aumentando e aumentando! Muita gente tem relatado que está ficando difícil de acompanhar as revistas de linha por causa dos reajustes radicais que a Panini vem fazendo, mês a mês, uma surpresinha para nós, leitores. E o serviço continua a mesma porcaria de sempre, ou pior, cheio de erros e sinais de preguicite editorial. Justificativa? O leitor não tem alguma sequer. E vamos aos destaques de fevereiro antes que você comece a chorar. Continuar lendo “(MUITOS) Destaques do Checklist DC Comics/ Panini Comics Para Fevereiro de 2019 e Um Esperneio Necessário”

Alguns Destaques do Checklist da Mythos Editora Para Fevereiro de 2019

Olá mergulhadores! Enquanto a Panini não se organiza para divulgar capas decentes do que está preparando para este mês de fevereiro, vamos atacar com a sempre presente Mythos Editora e seus destaques do mês. Venha conferir algumas novidades em quadrinhos europeus, sejam fumetti ou não, e uma novidade bem diferente da revista Heavy Metal! Um edição especial! O que ela vai ter? Bem, só conferindo nossos destaques do checklist da Editora Mythos para fevereiro de 2019. Continuar lendo “Alguns Destaques do Checklist da Mythos Editora Para Fevereiro de 2019”

Os 10 Piores Maridos dos Quadrinhos

Por alguma razão, alguém chegou até o Splash Pages procurando por uma lista de piores maridos dos quadrinhos. Depois de eu ter perguntado para amigos nas redes sociais, o que acham de fazer uma lista como essa, o resultado foi mais que positivo e muitos indicaram alguns maridos nada convencionais para figurarem nesta lista. Claro, como é uma lista “dos quadrinhos”, tentamos ir além dos super-heróis, talkei?! Não que esse tipo de quadrinho não revele e esconda muitos desses tipos que vemos em vários lares brasileiros, mas precisamos sair da nossa bolha um pouquinho, né? Faz bem, Dizem. Vamos lá para nossa lista de 10 Piores Maridos dos Quadrinhos! Continuar lendo “Os 10 Piores Maridos dos Quadrinhos”

Os Piores Quadrinhos Que Li em 2018

Muito mais que a lista, ou as listas, dos melhores quadrinhos que tivemos no ano que passou, a lista mais aguardada e mais acessada é sempre a dos piores quadrinhos lidos no ano anterior. Bem, meus amigos mergulhadores, essa espera acabou. Está na hora de revelar as piores experiências de leitura que eu tive em 2018 e vocês entenderão a razão delas terem sido tão horríveis nas minirresenhas que as acompanham. Por isso, pegue o saquinho de vômito que está localizado na poltrona na frente de você e nos acompanhe por um tour no nosso Túnel do Terror de 2018! Continuar lendo “Os Piores Quadrinhos Que Li em 2018”

Quando os Personagens Escapam das Intenções dos Seus Criadores

Hoje vamos falar sobre um assunto capcioso, mas que está fora do alcance dos leitores, dos produtores e das editoras de quadrinhos. É o fato de como os personagens acabam moldados no conhecimento popular, ou daquilo que se estabeleceu como memória coletiva. Muitas vezes os personagens escapam daquilo que os seus criadores intencionavam para eles, mesmo na maioria dos casos esta intenção aparecer bem clara para os leitores. Seria um problema de falta de interpretação? De interpretação errada? Ou seria de interpretar coisas a mais do que o texto e as imagens informam? Vamos discutir os casos de Rorschach, Coringa, Justiceiro, Lobo, Juiz Dredd e, claro, do Capitão Nascimento. Continuar lendo “Quando os Personagens Escapam das Intenções dos Seus Criadores”

O Balanço da Indústria de Comics em 2018

Passado o ano de 2018, a distribuidora de quadrinhos estadunidense, a Diamond Comics, divulgou os números de vendagens dos comics nos Estados Unidos. Assim, resolvemos trazer uma pequena análise destes resultados para vocês, nossos leitores. O Excelsior JP, da página Os Impossíveis se juntou a nós para apresentar todo um balanço da indústria dos comics nos Estados Unidos no ano de 2018. Venha nos acompanhar! Continuar lendo “O Balanço da Indústria de Comics em 2018”

Meia-Noite: O Homem com H Maiúsculo Que é Gay

Sob certos aspectos, muitos poderiam dizer que super-heróis são o epítome da masculinidade. Que Superman e Batman são fortes, musculosos, intrépidos, altruístas, poderosos, corajosos e têm pelo no peito. Coisas que fazem um homem muito homem. Um homem com H, um super-homem. Mas e quando Warren Ellis e Bryan Hitch trouxeram a versão gay de Super-Homem e Batman, nas histórias do Stormwatch e do Authority, como os personagens Apolo e Meia-Noite? Será que esses personagem deixaram de serem homens com H maiúsculo por conterem todas as características de Superman e Batman, mas por se considerarem homossexuais? Essa semana eu li o encadernado do Meia-Noite pelo DC You e vou considerar algumas dessas proposições além, é claro de falar mais sobre o personagem. Continuar lendo “Meia-Noite: O Homem com H Maiúsculo Que é Gay”