Conheça a Guará Entretenimento, a Casa do Doutrinador e de Outros Heróis Brasileiros

Com a intenção de trazer uma nova geração de heróis brasileiros surgiu a Guará Entretenimento, que já tinha em suas fileiras o (super?)herói mais popular do Brasil no século XXI, o Doutrinador. O sucesso desse personagem nas histórias em quadrinhos levou a uma versão live-action do herói (?) que pune os corruptos e aqueles que falharam com a lei, que fez uma considerável bilheteria nos cinemas. Com um projeto ambicioso de criar um universo de super-heróis brasileiros, porém urbanos e menos fantasiosos que os primos americanos, a Guará entretenimento lançou mais três histórias em quadrinhos com heróis que vivem no Brasil. Assim surgiram Santo, Pérola e Os Desviantes. Neste post, vamos falar mais sobre a editora e os títulos lançados por ela até agora com resenhas críticas dos mesmos. 

Continuar lendo “Conheça a Guará Entretenimento, a Casa do Doutrinador e de Outros Heróis Brasileiros”

A História Oficial do Trisal Ciclope, Wolverine e Jean Grey

Bem, a essa altura você já deve estar sabendo que, aparentemente, as intenções de Jonathan Hickman para o triângulo amoroso mais famoso das histórias em quadrinhos mutantes é torná-los um trisal. Isso mesmo, Ciclope e Wolverine vão dividir Jean Grey e talvez muito mais na nova fase dos X-Men escrita por Hickman e desenhada por Leinil Francis Yu. Mas de onde veio toda essa disputa? Porque Jean é tão desejada tanto por Wolverine como por Ciclope? Como se desenvolveram essas atrações? Vamos contar a história oficial de tudo que aconteceu, mas o que ficou por debaixo dos panos, vamos deixar para sua imaginação!

Continuar lendo “A História Oficial do Trisal Ciclope, Wolverine e Jean Grey”

A Cruzada de Marcelo Crivella Contra os Quadrinhos

A gente nunca cansa de parar de se assombrar com a ignorância do conservadorismo brasileiro. Por muitos anos já tivemos programas da televisão que fizeram campanhas dos pais contra os jogos de Role Playing Game, contra as cartas de Yugioh, contra Harry Potter, com a retrógrada justificativa que tudo aquilo era “coisa do demônio”. O prefeito da cidade do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, da bancada evangélica e aliado do presidente, incendiou as redes sociais exigindo a censura da revista Vingadores: A Cruzada das Crianças no evento da Bienal do Livro do Rio de Janeiro. Vamos falar um pouco sobre esse ato e a ignorância das autoridades, principalmente das conservadoras sobre os quadrinhos, e quais as consequências desses atos.

Continuar lendo “A Cruzada de Marcelo Crivella Contra os Quadrinhos”

Chegou o “Universo Compacto”: Assinatura Mensal de Quadrinhos Brasileiros

Quadrinhos brasileiros não são tão fáceis assim de se achar em bancas e livrarias, principalmente aqueles que estão distantes dos grandes centros e das distribuidoras. Materiais independentes, muito comentados e diferentes, também são difíceis de chegarem aos leitores comuns. A não ser em grandes eventos de quadrinhos, como FIQ e CCXP a oportunidade de se comprar esse tipo de material praticamente não existe. A assinatura mensal “Universo Compacto” chegou para sanar essa lacuna entre nós, leitores. Confira a seguir o funcionamento deste sistema! Continuar lendo “Chegou o “Universo Compacto”: Assinatura Mensal de Quadrinhos Brasileiros”

Por Que um “Dia do Vilão” Deveria Ser Motivo de Comemoração?

Hoje, dia 29 de abril de 2019, a Panini colocou no ar sua nova campanha de “marketing”, o “Dia do Vilão”. Nela, a Panini Comics Brasil quer comemorar a vilandade e dizer que neste dia “o crime compensa”. O que uma campanha dessas, feita pela maior editora de quadrinhos do Brasil, tem a dizer sobre a nossa sociedade e principalmente sobre os fãs de quadrinhos? Desde quando é uma vantagem cometer crimes e ser “do mal”? Por que os supervilões atraem tanto as pessoas a ponto de uma editora preferir valorizar esse tipo de personagem em detrimento de publicar quadrinhos com mais representatividade? Vamos discutir tudo isso nesse post sobre mais uma campanha malfadada da Panini Comics Brasil. Continuar lendo “Por Que um “Dia do Vilão” Deveria Ser Motivo de Comemoração?”

Com “Aquaman”, a Hipermasculinidade Está de Volta? Sério?

Esta semana, para divulgar o filme do Aquaman, o jornal espanhol El País lançou uma matéria intitulada”De Khal Drogo a Aquaman: a hipermasculinidade retorna com Jason Momoa”. Um título bastante estranho, em se considerando os viéses que o jornal costuma dar a suas matérias. Mais estranho ainda é a matéria com esse título ser assinada por uma mulher, Noelia Ramirez, que só conseguiu enxergar músculos no filme do herói submarino. Neste post quero discutir algumas falácias que a mídia costuma divulgar sobre a masculinidade e as masculinidades e examinar um pouco o caso de Jason Momoa como Aquaman. Continuar lendo “Com “Aquaman”, a Hipermasculinidade Está de Volta? Sério?”

A Comic Con Experience e os Reflexos da Crise Editorial

A CCXP é, sem nenhuma dúvida, a maior celebração dos nerds do planeta. Tem espaço para todo mundo e, para os artistas que têm a honra de participar dela, é o evento de quadrinhos mais lucrativo do ano. O Artists Alley, este ano, alcançou o recorde de mesas, com mais de 500 artistas divulgando e vendendo os seus trabalhos. Por outro lado, outra grande falta foi sentida: a de sebos, livrarias e editoras. Um evento deste porte, certamente é um reflexo da realidade do consumo do público nerd brasileiro. A ascensão do espaço independente e a diminuição do espaço mainstream seriam reflexos do nosso momento de consumo de produtos editoriais voltados ao público nerd? Vamos analisar essas possibilidades a partir da Comic Con Experience. Continuar lendo “A Comic Con Experience e os Reflexos da Crise Editorial”

Cabeça Erguida, Fiéis Seguidores! Um Adeus a Stan Lee

Stan Lee, o “Cara”, da Marvel Comics, deixou a nossa realidade 616 no dia 12 de novembro de 2018. Em seu lastro acabou se tornando o criador de super-heróis, quiçá de quadrinhos, mais famoso do mundo, muito por causa de suas participações nos filmes do Marvel Studios, que tornou sua silhueta reconhecível por crianças, adultos e velhinhos por toda a parte. Assim, como não podia deixar de ser, as notícias, a comoção e a reverberação de sua morte tiveram um alcance global, quase tão enorme quanto o de outro Rei do Pop, Michael Jackson, que faleceu em 2009. Neste post vamos falar um pouco sobre seus feitos, suas polêmicas e seus legados, para prestarmos, nosso adeus a um grande mestre das quadrinhos de super-heróis. Continuar lendo “Cabeça Erguida, Fiéis Seguidores! Um Adeus a Stan Lee”

[SFW] 10 Hot Male Cosplayers Para Seguir No Instagram

Faz um bom tempo que não damos uma atenção para os posts mais “hot” aqui do Splash Pages. Para corrigir esse erro, dessa vez não vamos trazer heróis desenhados de uma forma sexy, mas homens que se vestem de super-heróis. Eles são cosplayers profissionais, ou seja, ganham a vida se vestindo de personagens em eventos do gênero. Por isso, é importante para eles que divulguem seus trabalhos e, nada melhor que uma conta no Instagram, uma rede social que privilegia a dimensão da imagem, para isso. Separamos aqui alguns dos melhores trabalhos de composição de personagens e de corpitcho dos cosplayers, claro, que ninguém é de ferro. Nem fazendo um cosplay do Colossus! Vamos a eles! Continuar lendo “[SFW] 10 Hot Male Cosplayers Para Seguir No Instagram”

Dentro da História: Representatividade, Cultura Pop e Infância

Sabe o pessoal que vive dizendo que diversidade não vende, que só tem histórias ruins com diversidade e que acham que diversidade não serve para nada? E ao mesmo tempo acreditam que diversidade é só um mote pra vender mais? Preparamos uma entrevista com Diego Moraes, o co-fundador e designer principal da Dentro da História. Essa empresa tem como missão trazer o leitor, principalmente o infantil, para dentro das histórias, através de ferramentas de customização do conteúdo e do design dos livros e das revistas, usando personagens extremamente conhecidos do público, como por exemplo a Turma da Mônica. O Diego contou histórias muito interessantes e explicou melhor a relevância da diversidade para o público e para as empresas. Dessa vez não sou eu quem está falando, mas quem convive com esse mercado todos os dias. Vamos ler a entrevista?  Continuar lendo “Dentro da História: Representatividade, Cultura Pop e Infância”

[NSFW] Os Aviltantes Pênis dos Super-Heróis [+18]

No dia de hoje, os fãs do homem-morcego puderam ficar mais felizes (ou não). Acabaram conhecendo uma informação que ninguém na indústria dos quadrinhos canônicos (embora muitas publicações de fãs já mostraram) sabia até então. O pênis do Batman, ou ainda, de Bruce Wayne, foi mostrado em uma história em quadrinhos oficial do personagem na DC Comics. Agora, seus mais ardorosos fãs vão poder dialogar sobre o formato, o tamanho e a circuncisão do órgão excretor e sexual do defensor de Gotham City. Afinal, é isso que fãs ardorosos fazem. Mas já que o dito-cujo foi revelado, nós iremos mais fundo (ui!) nessa discussão, pois essa é a função desse blog e discutir a aparição de pênis nas histórias dos super-heróis. Acompanhe quem tiver bagos e for maior de 18 anos! Continuar lendo “[NSFW] Os Aviltantes Pênis dos Super-Heróis [+18]”

O Cânone dos Quadrinhos: O Que é e Como Funciona?

Muitas vezes, em discussões, ouvimos os leitores de quadrinhos falarem: “é, mas isso não faz parte do cânone”. Ou ainda se perguntam “isso vai passar a ser cânone”? Mas eu acho que, em geral, a maioria das pessoas não sabe o que cânone significa dentro da comunidade de fãs e muito menos o seu significado geral. Neste texto vou falar sobre produções oficiais que configuram cânone, realidades alternativas, universos paralelos e a apropriação destes mundos ficcionais nas produções de fãs. Também sobre a relação dessas diferentes formas de narrar com o universo dos quadrinhos e, por fim, com elementos religiosos. Prontos para embarcar nessa viagem por universos? Então, se ajeitem nos seus assentos, que vai começar! Continuar lendo “O Cânone dos Quadrinhos: O Que é e Como Funciona?”

12 Sintomas do Caos no Mercado Editorial de Quadrinhos Brasileiro

É, amigos… Diziam que era só tirar a Dilma, depois se tirava o resto. Que o governo dela estava afundando a economia brasileira. Por isso, era necessário o impeachment. Então a presidente da república foi tirada do poder, e o Brasil entrou na pior recessão econômica que já viu em sua História recente. Não acredite em tudo que alardeiam por aí. Mesmo que você não goste de discutir política, ela acaba nos afetando bastante. Garanto que nos dois últimos anos, você parou de comprar muitos quadrinhos que comprava antes. E a coisa só piora. Trouxemos, neste post, dez sinais que demonstram o buraco onde nossa economia se enfiou e como isso afeta nossos amados quadrinhos, infelizmente… Continuar lendo “12 Sintomas do Caos no Mercado Editorial de Quadrinhos Brasileiro”

Levi Trindade Revela Novidades da Panini Comics na Comic Con RS 2018

Olá mergulhadores! Acabou o primeiro dia da ComicConRS 2018. Este ano, o festival de quadrinhos gaúcho ganhou um andar a mais dedicado às suas atividades no prédio da ULBRA em Canoas/RS. Outros destaques deste ano foram simulação de dança, a biblioteca de quadrinhos do SESI, um espaço dedicado a Harry Potter e outro, dedicado a Star Wars. Hoje, eu participei como convidado em um painel sobre Representatividade. Também acompanhei a revelação de novidades feitas pelo editor da Panini Comics, Levi Trindade, que também é um dos homenageados do evento. Sei que você está ansioso pelas novidades, então, vamos logo a elas. Continuar lendo “Levi Trindade Revela Novidades da Panini Comics na Comic Con RS 2018”

O Poder e a Alienação do YouTube. Quem Matou o Caixeta?, de Rainer Petter

É indiscutível que o youtube tomou proporções na vida das novas gerações da mesma forma que a TV fez com as gerações anteriores. Mas enquanto a TV se utilizava de filtro e ferramentas de alienação popular mais discretas e subliminares, a doutrinação através dos vídeos de streaming não tem nada de disfarces e muito menos nada de filtros. A forma massiva como essa comunicação chega á pessoas cria um comportamento de rebanho e anula o senso crítico, fazendo as pessoas cada vez mais radicais, ou apenas concordando ou discordando extremamente do que os youtubers apregoam. Quem Matou o Caixeta?, de Rainer Petter, é uma crua retratação dessa geração que quer mais postar sem realmente refletir o que está fazendo e quais as responsabilidades desses comentários e é sobre isso que vamos discutir agora. Continuar lendo “O Poder e a Alienação do YouTube. Quem Matou o Caixeta?, de Rainer Petter”

Futebol é Coisa de Gay? “O Outro Lado da Bola”, de Ale Braga, Álvaro Campos e Jean Diaz

Estamos todos em clima de Copa. É FIFA pra cá, figurinhas autocolantes da Panini vendendo que nem picolé no deserto, gente aprendendo russo só pra passar uma semana no país-sede da Copa. É, legal… pra quem gosta. Mas tem uma coisa que precisamos falar quando falamos de futebol. A homofobia presente no esporte, na torcida, nas práticas. No Brasil, futebol é esporte de machão. Nos Estados Unidos, é esporte de menininha. Tudo depende de ponto de vista. E o excelente trabalho de ponto de vista sobre gays no futebol é feito em O Outro Lado da Bola, em que os autores trabalharam um “o que aconteceria se…”, um dos maiores jogadores de futebol brasileiro saísse do armário e se revelasse gay em rede nacional de televisão. Vamos, com certeza, trazer uma resenha detalhada sobre o quadrinho nas linhas a seguir.
Continuar lendo “Futebol é Coisa de Gay? “O Outro Lado da Bola”, de Ale Braga, Álvaro Campos e Jean Diaz”

Os Musos do Quadrinho Mainstream Americano – Edição 2018

Bem, o Dia dos Namorados passou. Acho que todos sobrevivemos. Mas se você ainda está na ilusão do amor e quer arranjar um quadrinista gringo para um envolvimento romântico, seu problemas se acabaram. Acabamos de fazer a seleção dos filés de nanquim mais apetitosos da indústria de quadrinhos mainstream americanos. Na nossa versão 2018, seguindo a linha dos Musos dos Quadrinhos Brasileiros que você já conhece. Ficou curioso para saber quem são os maiores gostosões dos quadrinhos? Bem, então acessa aí e confere nossa lista! Continuar lendo “Os Musos do Quadrinho Mainstream Americano – Edição 2018”

Aquela Vez em que a Lady Di Quase Fez Parte da Marvel

Mês passado o casamento real do Príncipe Harry, da coroa britânica e da atriz americana Meghan Markle revirou o mundo das celebridades. Harry sempre foi o principe-problema, tendo inclusive ido a uma festa fantasiado de nazista. Não era de esperar que ele escolhesse uma atriz negra para desposar e causar comoção na tradicional família real inglesa. Mas, como estamos acostumados, sabemos que a família real inglesa de Elizabeth II vive de polêmicas e eventos de celebridades, sem nenhum poder real sobre o governo do Reino Unido. Uma dessas polêmicas e comoções se deu quando a Marvel quis transformar a defunta Lady Diana, princesa de Gales, em uma super-heroína renascida. Vamos contar melhor essa história a seguir. Continuar lendo “Aquela Vez em que a Lady Di Quase Fez Parte da Marvel”