Diferenças e Semelhanças Entre o Filme do Aquaman e Seus Quadrinhos

Já faz algum tempo que o filme do Aquaman está nos cinemas no mundo todo. Não por acaso esta semana ele atingiu incríveis 1 bilhão de dólares na arrecadação da sua bilheteria mundo afora. Ou seja, já não é mais spoiler falar sobre o filme. O que se sabe sobre os elementos usados no filme é que ele foi baseado na fase de Geoff Johns, e dos brasileiros Ivan Reis e Joe Prado nos personagens. Geoff também foi o roteirista do filme e serviu como produtor executivo. O filme é muito bom e acerta mais que erra. Então decidimos trazer um apanhado de coisas que o filme possui em comum com os quadrinhos e coisas que ele não possui. Vamos lá? Continuar lendo “Diferenças e Semelhanças Entre o Filme do Aquaman e Seus Quadrinhos”

QUE TAL… Super-Heróis Escritos Por Woody Allen?

Woody Allen é um diretor de cinema famoso por suas “marcas de estilo” totalmente características de sua obra, o que caracteriza o seu cinema como uma “cinema de autor” ou ainda, de “auteur”. Alguns quadrinhos também podem ser considerados como quadrinhos de autor, porque carregam no traço dos escritores que os produzem, isso sem falar nos desenhistas, cujo traço já dá a cara do quadrinho num primeiro olhar. Assim, fizemos um exercício e tentamos pensar que super-heróis poderiam ser escritos por Woody Allen se compararmos algumas obras cinematográficas deste diretor com alguns super-heróis que ele poderia escrever, ou quem sabe, até mesmo dirigir. Continuar lendo “QUE TAL… Super-Heróis Escritos Por Woody Allen?”

Com “Aquaman”, a Hipermasculinidade Está de Volta? Sério?

Esta semana, para divulgar o filme do Aquaman, o jornal espanhol El País lançou uma matéria intitulada”De Khal Drogo a Aquaman: a hipermasculinidade retorna com Jason Momoa”. Um título bastante estranho, em se considerando os viéses que o jornal costuma dar a suas matérias. Mais estranho ainda é a matéria com esse título ser assinada por uma mulher, Noelia Ramirez, que só conseguiu enxergar músculos no filme do herói submarino. Neste post quero discutir algumas falácias que a mídia costuma divulgar sobre a masculinidade e as masculinidades e examinar um pouco o caso de Jason Momoa como Aquaman. Continuar lendo “Com “Aquaman”, a Hipermasculinidade Está de Volta? Sério?”

O Chama do Remorso, Alan Moore e os Filmes de Super-Heróis

Faz tempo que o grande escritor de quadrinhos, Alan Moore, vem difamando os super-heróis, bem como os filmes derivados delas. O autor de Watchmen, Monstro do Pântano, A Liga Extraordinária e tantos outros quadrinhos de sucesso, ainda se ressente do tratamento que a indústria de quadrinhos de super-heróis americana tratou os direitos autorais de suas criações, de forma que ele poderia estar ganhando muito mais royalties com seus trabalhos. Assim, ele começou a falar mal dos super-heróis que trabalhou por muito tempo, dizendo, entre outras coisas, que eles são “a catástrofe do século XX”. Em seu último trabalho em quadrinhos, Cinema Purgatório, Moore dispara novamente sua metralhadora contra os filmes de super-heróis. Ou ele estaria disparando contra si mesmo? Comentamos tudo isso, a seguir. Continuar lendo “O Chama do Remorso, Alan Moore e os Filmes de Super-Heróis”

Quem Vai Ensinar Humanidade Para os Humanos? O Apelo do Visão de Tom King e Gabriel Hernandez Walta

Este mês saiu a conclusão da série do Visão por Tom King e Gabriel Hernandez Walta no Brasil. Foram 12 edições lá fora e dois encadernados de capa dura por aqui. A série lida, mais uma vez, com o sintozóide Visão tentando empreender e promover mais humanidade em sua vida. Dessa vez, ele cria uma família para si, com uma mulher, dois filhos e um cachorro sintozoides, que são robôs sintéticos, quase humanos. Para isso, e para serem aceitos, ele vão morar num subúrbio humano, como uma família estadunidense comum. Mas logo começam os problemas, ecoando a dificuldade humana para entender o que é ligeiramente diferente de si, como um robô, mas mesmo aqueles que, por enquanto – na visão da sociedade – são considerados humanos. Neste post vamos falar mais sobre essa incrível série, ganhadora de inúmeros prêmios, que eleva o gênero de super-heróis em quadrinhos a outro patamar. Continuar lendo “Quem Vai Ensinar Humanidade Para os Humanos? O Apelo do Visão de Tom King e Gabriel Hernandez Walta”

A Ascensão da Representação Trans nos Quadrinhos e Nas Artes

 

Nos últimos anos a representação de personagens transexuais nos quadrinhos e a representatividade de autores e autoras transexuais nos quadrinhos vêm aumentando. Muitos personagens já são reconhecidos do grande público e autores e autores começam a ficar conhecidos do público mainstream por seus trabalhos, com uma sensibilidade diferente da que estamos acostumados. Ao ler o livro “E se estivermos errados?”, de Chuck Klosterman, que pensa no presente como se fosse o passado, o autor tenta explicar essa ascensão como um dado não previsto de pessoas que pensavam o futuro há, digamos, dez anos atrás. Então vamos tentar falar sobre isso neste artigo e entender esse fenômeno. Sigam me os homens, as mulheres e aqueles que estão em processo de transição! Continuar lendo “A Ascensão da Representação Trans nos Quadrinhos e Nas Artes”

Diabolik: Bandido Bom ou Bom Bandido?

Diabolik é o bandido mais astuto dos quadrinhos. Esqueça os supervilões. Diabolik não possui poderes, ele tem a manha, ele saca dos paranauês. Ele tem os equipamentos e o treinamento necessários para aplicar grandes golpes, roubar grandes fortunas, obras de arte, jóias caríssimas, artefatos antigos. E o melhor (ou pior) disso tudo? Os leitores o amam. principalmente na Itália. Ausente das publicações do Brasil por por pelo menos 25 anos, o personagem foi trazido de volta pela Editora 85, que publicou este volume em questão através de uma campanha do Catarse. É sobre Diabolik que vou falar neste post. Acompanhe! Continuar lendo “Diabolik: Bandido Bom ou Bom Bandido?”

Como Foi o Seminário “O Negócio do Livro”, que Discutiu Inovação no Mercado Editorial

Aconteceu hoje o seminário “O Negócio do Livro”, no Goethe-Institut de Porto Alegre. O evento é organizado há mais de 10 anos pelo Clube dos Editores do Rio Grande do Sul e pela Papel Pólen. Neste ano, o tema foi inovação sob o título “Uma Nova Página Para o Futuro”. O elemento em comum entre todas as palestras foi a força das pessoas nesse negócio, tanto do público com um canal de divulgação quanto daquelas pessoas agentes das editoras como indivíduos multitarefas. Todos destacaram a necessidade de se ouvir o público e de produzir uma comunicação cada vez mais estreita com o consumidor final. Palestrantes de áreas de negócios, design, crowdfunding e customização trouxeram suas ideias durante um dia inteiro de palestras. Trouxemos um apanhado das principais ideias discutidas no evento. Continuar lendo “Como Foi o Seminário “O Negócio do Livro”, que Discutiu Inovação no Mercado Editorial”

10 Hospedeiros de Venom (Além de Eddie Brock)

O filme do Venom, uma produção da Sony Pictures, com Tom Hardy no papel de Eddie Brock, está para chegar nos cinemas em mês de 2019. No filme, aparentemente o simbionte vai ser desenvolvido ou alterado por um laboratório, mas só saberemos ao certo quando o filme chega às telonas. A maioria dos fãs de quadrinhos sabe que Peter Parker e Eddie Brock já usaram o simbionte encontrado no Mundo Bélico do Beyonder. Mas que outros indivíduos já “vestiram” esse mesmo simbionte? Veja que estamos falando do mesmo simbionte, ok? Não de Carnificina, Toxina e outros familiares. Então, se ainda não está preparado para os easter-eggs do filme do Venom, pode ser que você encontre um deles aqui. Não deixe de ler!

Continuar lendo “10 Hospedeiros de Venom (Além de Eddie Brock)”

A Série Supergirl Trará a Primeira Heroína Transsexual da TV

Embora o cinema ainda não tenha apresentado nem ao menos um super-herói gay, as séries para a televisão já fizeram isso há muito tempo. O próximo passo dado na representatividade de pessoas queer é uma nova personagem trans na série da Supergirl, exibida nos Estados Unidos no Canal CW e, no Brasil, pelo Warner Channel. A personagem Nia Nal, será inspirada na integrante da Legião dos Super-Heróis, a Sonhadora, que possui poderes de clarividência do futuro. A grande novidade é que a personagem sendo transexual, também será interpretada por uma atriz transexual. Nicole Moines. Vamos falar um pouco sobre representatividade trans no audiovisual, Legião dos Super-Heróis e seus personagens queer e o Arrowverse? Continuar lendo “A Série Supergirl Trará a Primeira Heroína Transsexual da TV”

Opiniões e Expectativas Sobre os Trailers da San Diego Comic Con 2018

O final de semana da San Diego Comic Con deste ano de 2018 veio recheado de trailers para o verão americano de 2019. São muitos filmes e, em geral muito empolgantes, de Animais Fantásticos a Shazam!, passando por Glass e as séries Titans e The Gifted. Resolvemos comentar um pouco sobre nossas opiniões e expectativas para os filmes e séries do universo nerd que vem aí. Então, apertem seus cintos, peguem suas pipocas e refris, pois a sessão de filmes está prestes a começar! Continuar lendo “Opiniões e Expectativas Sobre os Trailers da San Diego Comic Con 2018”

Quem é o herói SHAZAM!, o antigo Capitão Marvel?

Começou a divulgação do filme Shazam!, estrelado por Zachary Levi, que conta a história de um menino de 13 anos que, ao gritar uma palavra mágica, se torna um adulto superpoderoso. Para você que não conhece o herói , ou ainda, o conhecia ainda pela alcunha de Capitão Marvel, resolvemos preparar uma espécie de guia para entender a mitologia de Shazam, Billy Batson, seus inimigos e seus aliados. Vem com a gente! Continuar lendo “Quem é o herói SHAZAM!, o antigo Capitão Marvel?”

A Leitura dos Quadrinhos: Mito, Ritual e Realidade

Acho que vocês, leitores inveterados de quadrinhos, já devem ter percebido que fazemos da nossa leitura, do nosso contato com os quadrinhos, um ritual. Todos visitamos um templo: uma banca, uma livraria, uma loja virtual. Todos comungamos da mesma história, do mesmo enredo, se lemos a mesma publicação. O ato ritualístico da leitura envolve sentidos e sentimentos, a visão, o toque das páginas, o peso do quadrinho, o cheiro do papel e da tinta. Nos acomodamos para poder nos sentir melhor ao ler quadrinhos. Entre muitas outras similaridades com um culto religioso. Afinal, muitos tratam Marvel e DC, e alguns criadores como verdadeiros e veneráveis deuses. Mas eu gostaria de analisar esse fenômeno um pouco mais a fundo e, por isso, fiz uma pequena pesquisa. Venham praticar esse rito comigo, sem cerimônia, por favor! Continuar lendo “A Leitura dos Quadrinhos: Mito, Ritual e Realidade”

Como e Por Que Batman Se Tornou, De Repente, Um Personagem Cômico Nos Anos 60?

O Batman! Ele se esgueira pelas noites assustando os fora da lei, castigando os criminosos, massacrando os vilões e… fazendo rir a família americana durante o horário nobre. Pera, não é o Batman que você conhece? Ah, mas é o Batman que toda uma geração de americanos passou a conhecer a partir dos meados dos anos 60, com o famoso seriado do SOC! BIFF! BANG! Mas como foi que o cruzado embuçado se tornou motivo de riso de todo um país se ele foi criado para meter medo nos criminosos e também nos leitores. Se era para respeitar o Batman, por que todos riam dele nos anos 60? A resposta você vai ler neste post. Continuar lendo “Como e Por Que Batman Se Tornou, De Repente, Um Personagem Cômico Nos Anos 60?”

Dave McKean: o Fotorrealismo e o Irrealismo Fotográfico

Dave McKean é o principal convidado do FIQ – Festival Internacional de Quadrinhos, que ocorrerá entre 30 de maio e 3 de junho deste ano em Belo Horizonte, Minas Gerais. Ele é mais conhecido por sua parceria com Neil Gaiman, com quem produziu inúmeros livros infantis, quadrinhos como Orquídea Negra, Sinal & Ruído e Violent Cases. Mas seus trabalhos mais lembrados são as capas que ele fez para todas as edições da premiada e cultuada série em quadrinhos de Sandman, o rei do domínio dos sonhos. Neste post vamos falar mais sobre Dave McKean, o seu trabalho, seu estilo e sua importância para o mundo dos quadrinhos e das ilustrações. Continuar lendo “Dave McKean: o Fotorrealismo e o Irrealismo Fotográfico”

Quem São os Personagens da “X-Force” de Deadpool 2?

Depois de Vingadores: Guerra Infinita que estreia essa semana, o próximo filme da Marvel a sair nas telonas será Deadpool 2. Esse filme conta com nada mais nada menos do que a estréia da equipe da X-Force, que nos quadrinhos foi fundada por Cable. Mas no filme do Mercenário Tagarela, ela será fundada por ele mesmo, Deadpool Mello! E para perseguir Cable para impedir que ele mate um garoto mutante que pode alterar o futuro do planeta! Bem, vamos então, explicar alguns dos personagens dessa X-Force dos cinemas? Continuar lendo “Quem São os Personagens da “X-Force” de Deadpool 2?”

15 Monstros Clássicos do Terror da Marvel

As revisões do Código de Quadrinhos dos Anos 70 deu a oportunidade para as editoras de super-heróis explorarem o lado sobrenatural de seus universos. Assim, legiões de monstros começaram a infestar principalmente os gibis da Marvel, inspirados em monstros clássicos da literatura e dos cinemas. Fizemos um compilados das 15 criações – ou seriam recriações – mais interessantes da Marvel nesse período sombrio e sobrenatural. Será que o seu preferido está entre eles? Será que você conhece todos esses horrores? Continuar lendo “15 Monstros Clássicos do Terror da Marvel”

Dupla Representatividade: Pantera Negra – Mundo de Wakanda Recebe o Prêmio GLAAD

Na metade de abril de 2018 foi anunciado o prêmio GLAAD (Gays and Lesbians Alliance Against Defamation) para a produção de quadrinhos de destaque deste ano. A revista ganhadora foi Black Panther: World of Wakanda, de Roxane Gay e vários outros contribuidores, focando no casal gay formado pela dupla de ex-Dora Milaje, Ayo e Okoye, as atuais Anjos da Meia-Noite. Neste post pretendo discutir como a premiação de uma revista como essa é de suprema importância tanto para movimentos negros, feministas e queers, como para a representatividade dessas parcelas da sociedade, bem como aquela parcela que faz intersecção desses três movimentos. Vamos lá! Continuar lendo “Dupla Representatividade: Pantera Negra – Mundo de Wakanda Recebe o Prêmio GLAAD”