Alienígena Demais. Lanterna Verde, de Grant Morrison e Liam Sharp

No mês de julho, a Panini Comics publicou a primeira edição de Lanterna Verde, um novo título que ficou aos cuidados do superstar Grant Morrison e do virtuoso dos desenhos Liam Sharp. Teria tudo para der certo, certamente. Mas, para mim, não funcionou. Isso porque Grant Morrison quis experimentar com a linguagem alienígena, que acaba de difícil acesso para o leitor, hermética demais. Por outro lado, a arte de Liam Sharp também está diferente, não é a mesma de seus trabalhos anteriores na DC Comics. Neste post vamos falar um pouco mais sobre a nova série de Lanterna Verde e a razão pela qual Grant Morrison e Liam Sharp falharam no seu intento.  Continuar lendo “Alienígena Demais. Lanterna Verde, de Grant Morrison e Liam Sharp”

Anúncios

O Que é A Muralha da Fonte do Universo DC?

Nas histórias em quadrinhos recentes do Universo da DC Comics muito têm se falado sobre a Muralha da Fonte do Universo, que foi rompida graças às ações do heróis para proteger nosso mundo contra o multiverso negativo. Isso aconteceu na minissérie Noites das Trevas: Metal, capitaneada pelo autor Scott Snyder e é ele quem vem inserindo esses elementos aos poucos nesse novo multiverso da DC Comics, principalmente nas histórias da Liga da Justiça. Então, neste post vamos explicar para vocês do que se trata a Muralha da Fonte e o que é essa tal Fonte que é (era) protegida por uma muralha feita de antigos deuses. Continuar lendo “O Que é A Muralha da Fonte do Universo DC?”

Quando a Criação de Super-Heróis Gays Brasileiros Sai Pela Culatra

Super-heróis gays estão em evidência. Uma das razões é porque eles servem de alento, de apoio e representatividade para uma camada do público dos quadrinhos que sempre os consumiu e nunca teve essa representação tão forte. Mas quando uma coisa entra em evidência, logo surgem cópias. Logo surgem pessoas e empresas querendo lucrar com isso sem ter o devido comprometimento e seriedade que a representação de uma minoria pede. Acaba sendo o inverso do empoderamento, quando a classe dominadora restringe o espaço da classe dominada falando por ela e, além disso, retirando dividendos da mesma para benefício próprio. Hoje vamos falar de dois casos de super-heróis gays brasileiros que “prestam um desserviço” à representação das minorias. Continuar lendo “Quando a Criação de Super-Heróis Gays Brasileiros Sai Pela Culatra”

Destaques dos Checklists Inexistentes da Marvel, DC Comics e Vertigo da Panini Comics Para Maio de 2018

É algo assustador como a Panini Comics Brasil consegue ter uma comunicação com seu leitor e com os blogs, videoblogs, podcasts de quadrinhos tão incrivelmente ruim. Para quem olha de fora, deve imaginar que trabalhar no marketing da Panini deve ser um mar de rosas, porque não vemos a editora mexer um dedo para divulgar as suas coisas do jeito correto. Para se ter uma ideia, estamos a pouco dias do fim do mês de maio e seus hotsites não foram atualizados. E todo bendito mês é o mesmo drama. A maldita editora não manda um newsletter para seu público e nem release para os blogs e cada vez dificulta mais o acesso às informações de suas publicações. Caçando lá e cá aqui e ali só no final do mês, com as publicações já nas bancas podemos comentar seu “checklist inexistente”. Continuar lendo “Destaques dos Checklists Inexistentes da Marvel, DC Comics e Vertigo da Panini Comics Para Maio de 2018”

A Trajetória da Série em Quadrinhos de Os Bravos e Os Audazes

Mês passado saiu a notícia de que a DC Comics voltaria com a série de quadrinhos The Brave and The Bold (O Bravo e o Audaz, em português do Brasil, ou ainda Os Bravos e Os Destemidos), que seria estrelada pela Mulher-Maravilha e o Batman. Nessa série, escrita e desenhada pelo artista da Mulher-Maravilha, Liam Sharp, os dois heróis iriam investigar o panteão dos deuses celtas. É inegável que a revista The Brave and The Bold foi de suma importância na DC Comics. Gostaria de pedir sua licença (e seu acesso) para contar um breve trajetória dos volumes dessa publicação tão importante para a editora das lendas e os decenautas. Quem for bravo e audaz pode me seguir nesse caminho até o post! Continuar lendo “A Trajetória da Série em Quadrinhos de Os Bravos e Os Audazes”

10 Heroínas da DC Que (Quase) Ninguém Ouviu Falar

Olá mergulhadores! Existem personagens que são realmente obscuros, principalmente aqui no Brasil, em que boa parte das histórias de super-heróis não foram publicadas. Resolvi fazer o recorte das heroínas mulheres, porque, afinal, as mulheres tem menos visibilidade nos quadrinhos de super-heróis. Escolhi a DC Comics porque, desde o surgimento da Marvel ela tem sido preterida no Brasil e recebido menos páginas publicadas do que sua rival. Vamos lá bem para o fundo desse oceano! Continuar lendo “10 Heroínas da DC Que (Quase) Ninguém Ouviu Falar”

A Memória Coletiva e Geracional dos Leitores de Quadrinhos

Por que existe tanto conflito entre os nerds dos quadrinhos quando o assunto é validar uma ou outra geração de super-heróis? Por que muitos insistem em categorizar certas pessoas como leitores de quadrinhos raiz e leitores de quadrinhos nutella? Isso é facilmente explicado através do funcionamento da memória coletiva do ser humano que, ao contrário do que a maioria pense, não é estanque, mas flutuante. Continuar lendo “A Memória Coletiva e Geracional dos Leitores de Quadrinhos”

A Sua Zona de Conforto e o Legado da Diversidade

Já falamos muitas vezes aqui de como as revistas em quadrinhos de super-heróis por um lado exigem personagem imutáveis e, por outro, faz com que eles acompanhem as transformações da sociedade. Também falamos da característica infinita das narrativas de super-heróis – elas nunca acabam, estão sempre contando mais e mais histórias desses personagens. Já falamos ainda da importância da diversidade nos quadrinhos. Hoje vamos falar sobre essa dicotomia entre imutabilidade x transitoriedade. Continuar lendo “A Sua Zona de Conforto e o Legado da Diversidade”

MAIS 15 Super-Heróis Negros Importantes dos Comics

Olá mergulhadores! Hoje é dia da Consciência Negra! A data de hoje faz referência à morte de Zumbi dos Palmares, líder do Quilombo dos Palmares, um dos maiores centros de resistência negra contra a escravidão no Brasil. E se Zumbi foi um herói, nada melhor do que comemorar sua existência do que com uma lista de super-heróis da etnia negra, não é mesmo? Vem dar uma olhada neles! Continuar lendo “MAIS 15 Super-Heróis Negros Importantes dos Comics”

“O Escritório do Superman Não Emprega Mais Mulheres” e o Assédio no Mundo dos Quadrinhos

Na última semana, comentários no twitter de jornalistas de quadrinhos e uma matéria na revista Paste Magazine, retomaram a questão do assédio sexual no mundo dos quadrinhos. Dessa vez a polêmica foi do desmascaramento de um assediador contínuo nos escritórios da DC e convenções de quadrinhos: o atual editor da linha de Superman, Eddie Berganza. Continuar lendo “O Escritório do Superman Não Emprega Mais Mulheres” e o Assédio no Mundo dos Quadrinhos

Meu partido é um coração partido... Chuif! Chuif!

Poderes Absolutos Corrompem Absolutamente… Os Personagens!

A DC Comics anunciou que após o final da Guerra de Darkseid a Liga da Justiça se tornará uma espécie de NOVOS Novos Deuses, com poderes divinos e que, com eles, irão consertar o mundo. Porém, os quadrinhos possuem um histórico de perda de poderes ou morte para personagens com poderes absolutos. O que deve acontecer com os totalmente poderosos integrantes da Liga da Justiça? Serão bem utilizados ou serão personagens engessados e difíceis de lidar? Quer ir mais fundo? Mergulhe!

Superman e a Santíssima Trindade – O Espírito Santo, por Neil Gaiman.

O Evangelho Segundo Jesus Cristo. O Espírito Santo, por Neil Gaiman. Publicado em Superman/Green Lantern: The Legend of Green Flame (2000). No Brasil, em Wizard Brasil #3 (dezembro de 2003). Esta história foi imaginada para ser publicada em pequenas partes na revista Action Comics Weekly, logo que John Byrne assumiu as histórias Pós-Crise do Superman. A história, entretanto, não pôde ser publicada à época, pois na trama, Hal Jordan e Clark Kent conheciam as identidades secretas um do outro. Coisa que, para Superman, que seria um herói iniciante, não faria sentido. Muitos anos depois, a HQ foi concluída com ajuda … Continuar lendo Superman e a Santíssima Trindade – O Espírito Santo, por Neil Gaiman.